Placas de Som, qual a melhor?

Na minha procura por placas de som, visto ter vendido a minha máquina, deparei-me com uma realidade que afinal desconhecia.
Todos nos sabemos que hoje em dia a qualidade de som é um imperativo, e quando se fala em audiofilia, a coisa muda de figura.

Para quem não sabe a board ASUS A7N8X-E Deluxe tinha uma placa de som on board (integrada) baseada no chip Realtek ALC650 que tem como características Dolby Digital Encoder (codifica qualquer sinal Stereo em 5.1 DD, mais conhecido como Dolbi Digital Live) e saída S/PDIF (Sony Philips Digital Interface) que permite exportar o sinal DD ou DTS para qualquer sistema de som ou amplificador caseiro.

Como tenho o conjunto de colunas da Creative GD580, (uma versão dedicada a home cinema e Playstation, similar a qualquer amplificador caseiro) que recebe pelo seu modulo Dolby Digital e DTS, estava nas minhas 7 quintas, com um som sempre em DD 5.1 puro (pelo menos em DVD’s e AC-3).

Como é óbvio fui procurar à Creative placas de som que me fizessem os 5.1 em DD ou DTS, começando pelas Audigy, e de momento só se consegue a Audigy SE, que não faz nem metade do que uma X-Fi.
Como não encontrei nenhuma que eu gostasse, decidi-me ir procurar pelas X-fi, e qual o meu espanto, começando pelas Sound Blaster® X-Fi Platinum – Fatal1ty Champion Series e acabando nas X-Fi Xtreme Audio, nenhuma delas faz a codificação em DD ou DTS.

Depois de alguma investigação, mesmo pelos fóruns da Creative, conclui que nenhuma das X-Fi fazem qualquer codificação em DD, DTS ou THX (ou seja, saída óptica ou coaxial S/PDIF nestes formatos), mas fazem sim, através de software descodificação destes. Nenhuma das X-Fi são compatíveis com o meu modulo de descodificação.

Embora se possa questionar os SNR de 109db, a codificação de 24bits Cristalyzer, o CMSS-3D, que sem dúvida aumentam a qualidade do som, a mim isso pouco me convence, porque se se lembrarem, cada vez que visitam um dos melhores cinemas do país, o som que vos é apresentado são standards como o DD e o DTS, e algum, quando possível THX.

Então o que é preferível? Ter uma qualidade de som soberba mas a passar por cabos fininhos directamente para as colunas, não cumprindo standards de mercado, gastando com isto quase 200€? Sinceramente acho muito esquisito a Creative ter esta politica de desajuste.
No entanto não desisti e foi assim que encontrei outras marcas, a primeira delas foi a Auzentech, outra marca americana concorrente da Creative mas que consegue encher os olhos a qualquer audiofilo.
Não referenciando as placas de som antigas, destaco as 3 mais importantes: Auzen X-Plosion 7.1 DTS Connect, Auzen X-Meridian 7.1 e Auzen X-Fi Prelude 7.1; qualquer uma delas faz codificação e codificação por hardware de varias tecnologias DD e DTS. A primeira, com o chip CMI8770 PCI consegue ultrapassar facilmente uma Audigy 1, 2 ou 4 senão mesmo uma X-Fi Extreme Audio.
A ultima sim, para quem procura uma Soud Blaster X-Fi que preencha os seus requisitos (os meus por exemplo) acabou de encontrar a solução. A Auzen X-FI™ Prelude 7.1 tem o processador Creative X-Fi CA20K, o processador base de qualquer X-Fi, com todas as características de uma X-Fi, tal como EAX 5.0, CMMS 3D, X-Fi Crystalizer, e com a possibilidade de ter DD e DTS.
No entanto há que ressalvar o facto de os DAC e ADC serem diferentes e com uma qualidade superior a qualquer X-Fi, sendo ainda possível trocar os chips pré-amplificadores.

Outra das placas de som que encontrei que faz o que é necessário é a Xonar D2/PM da ASUS, também 7.1 com codificação Dolby/DTS e 118dB In/Out de SNR a 192KHz/24Bit. Parece ser uma óptima opção, e pelo preço penso que a Auzen X-Meridian 7.1 se sobrepõe. A Xonar D2X (que ainda não está disponível cá em Portugal) é uma versão com alguns melhoramentos e em PCIX.
Links
http://www.auzentech.com/site/products/feature.php
http://pt.europe.creative.com/products/product.asp?category=266&subcategory=566&product=16559&nav=-1
http://www.asus.com/products.aspx?modelmenu=1&model=1769&l1=25&l2=144&l3=0&l4=0

10 Replies to “Placas de Som, qual a melhor?”

  1. Claudio Alves Portugal Mac OS X Safari 523.10 says:

    O titulo anuncia placas de som e afins, mas o primeiro paragrafo fala em audiofilia. Acho que para o verdadeiro audiofilo não entram palavras como: computadores, placas de som nem creatives.

    Cabos fininhos que entram directamente para as colunas? Há quem opine que utilizar os “cabos fininhos” dum cabo ethernet é a melhor coisinha que se pode ter.

  2. Paulo Nascimento Portugal Windows XP Mozilla Firefox 2.0.0.11 says:

    Óptimo Artigo

    Boas estou de momento a procura duma boa placa de som. Tenho umas colunas Creative Desktop Theater 5.1 DTT 2500 Digital Cambridge Soundworks, comprei agora uns headphones Sennheiser Modelo HD 205 que inda estão debaixo da arvore de Natal, lol. Tenho uma motherboard Asus P4P800 Deluxe que tem uma placa de som integrada e como tem entrada S/pdif tenho ligado ao amplificador das colunas e obtenho o Dolby Digital. No entanto ando tb a procura de uma boa placa de som com saída S/ Pdif para obter tb um melhor som enquanto oiço musica e não só quando vejo um DVD, e com as entradas banhadas a ouro. Encontrei essa da Asus mas o preço é mto elevado (mesmo no Ebay), no entanto é aquela que satisfaz as minhas exigências. Essa Auzen X-Fi Prelude 7.1 tb pelo que vi na internet é carita.

    PS: Eu apenas possuo 2 connectors um verde e um preto para ligar a placa de som e não todos separados como agora se utiliza não sei se devo comprar umas destas placas. Tb estive a pensar e posso instalar uma placa que tenho antigo da Creative modelo Sound Blaster Live Player 1024 (que possui ligações banhadas em ouro) utilizo quando oiço musica (deve ser melhor que a da motherboard) e para os DD mudo para a da motherboard.

  3. Paulo Nascimento Portugal Windows XP Mozilla Firefox 2.0.0.11 says:

    Ja me decidi. Para poupar algum dinheiro pq isto não anda fácil e as duas placas são bastante caras. Vou instalar a minha placa antiga Creative Sound Blaster Live Player 1024 e para ligar o S/PDIF vou instalar tb o meu DVD antigo da Creative que inclui a placa descodificadora Dxr3 e devo ficar um melhor servido do que com o que tenho agora. Até pq este conjunto foi feito para funcionar com a minhas colunas, mas desde que montei o meu novo pc e por preguiça, como ja tinha placa de som integrada, não o instalei. Bom mãos a obra.

  4. Caro Paulo
    A partir do momento que qualquer uma delas tenha saída DD sobre S/PDIF resolve os teus problemas. Essa Sound Blaster duvido que o faça. As placas que referi são caras, no entanto a Auzen X-Plosion 7.1 DTS Connect ronda os 70€, é a mais barata das versões mas chega.

  5. Paulo Nascimento Portugal Windows XP Mozilla Firefox 2.0.0.11 says:

    Esta placa parece-me mto boa, até porque instalei a antiga e não estou mto satisfeito com os resultados, o meu computador anda estranho. Era bom se encontrasse isso na Fnac, é k tenho 30€ em vales prenda e assim so pagava o restante, mas duvido. Obrigado e bom ano.

  6. Boa Noite.
    Gostaria que fizesses parte do Planetuga.
    O Planetuga é na sua essência um agregador de conteúdos ordenados por categorias, em língua portuguesa. Existe desde meados de Dezembro e encontra-se em franco crescimento.
    Penso que seria uma mais valia para o Planetuga a inclusão do teu blog português como pode ao mesmo tempo dar uma maior visibilidade aos teus conteúdos.
    Caso concordes com as regras e aceites o convite, aguardo o envio de dados para proceder à tua inclusão.

    Cumprimentos!

  7. Por amor de deus! Não diz absolutamente nada. No início fala em “audiofilia”. Mas será que sabe o que é um audiófilo? E depois passa o tempo todo a falar da Creative que não passa da Microsoft do Hardware.

    Penso que, neste momento, começa a aparecer coisas interessantes para pc a nível de placas de som, coisa que não existia à uns anos atrás.

    Esi Juli@, a Onkyo SE-200 LTD, M-audio ou a HT Homega Claro Halo são as únicas marcas que me inspiram alguma confiança. Parecem-me que os fabricantes estão preocupados em oferecer qualidade de som para ouvir música e não para jogar jogos.

    A Asus, não passa de um fabricante de motherbord’s que se lembrou de fazer duas placas de som para entreter os gamer’s. Não me inspira confiança. Ah! sim, a plaquinha isoladora da Asus… Enfim! Puro Marketing para iludir os mais desatentos.

    Lembro-me, de ter comprado uma placa de som à cerca de 10 anos ou mais: Creative Gold por cerca de 30 contos, e quando a experimentei e comparei com um leitor de CD’s Marantz CD60, na altura muito badalado no meio audiófilo, considerei uma autentica burla, tal era a diferença de som. Ou melhor, nem havia comparação possível, fui obrigado a deita-la fora. Não esperava o mesmo resultado do leitor de CD’s mas nunca me passou pela cabeça ter que a deitar fora…

    Reparem a placa na altura custou-me 30 contos (150 euros) e o leitor de CD’s cerca de 70 contos, mas tinha o sistema de transporte e ainda caixa, por isso considerei um roubo! Desde então jurei que nunca mais compraria nada vindo da Creative.

    Que ninguém tenha ilusões, Para se fazer coisas boas, não basta por lá componentes bons. É necessário saber.

  8. Caro Lian Li
    Queixa-se de eu não ter dito nada, mas também pouco adiantou a não ser na Onkyo (que não é onkyo) e da HT Omega, as restantes não poderá considerar placas de som para comum consumidor.
    Se reparar nos chips, voltamos à CMedia e à Via, portanto, é muito questionável.
    Como não me deixou reviews, em comprovativos científicos ou de qualidade, vou procurara mias um pouco, e a seu tempo, falarei novamente.
    Já agora, aproveite e leia a continuação destes artigos:
    http://www.adrianoafonso.net/blog/2008/placas-de-som-qual-a-melhor-update/
    http://www.adrianoafonso.net/blog/2008/asus-xonar-d2pm/

  9. Meu Caro,

    Este é um artigo de carácter audiófilo ou de carácter geral? Sim, porque quem falou em “audiófilo” foi você.

    Não quero dizer com isto que as pessoas são obrigadas a saber sobre tudo. Mas, então para o consumidor geral não é necessário estar aqui a falar sobre isto, ao contrário do que diz, qualquer uma serve desde que lhe consiga chegar…

    Quanto aos chip’s claro que são iguais o que NÃO são iguais são os DAC’s conversores de digital para analógico e os respectivos amplificadores Op amps… para não falar nos condensadores (capacitors), e restantes componentes. Enfim, no desenho geral da placa.
    Tudo tem influência na qualidade final do som, é necessário saber o valor e a localização exacta de cada componente.

    E já agora uma vez que para si, isto é uma questão de número, então junte mais uma, aproveite e leia qualquer coisa sobre esta Cantatis Overture 192 com Duplo circuito Mono paralelo e um DAC Burr Brown PCM1794A conversor por cada canal. Cada canal é duplamente amplificado por quatro Op amps Burr Brown OPA2134PA, um total de oito op-amps…

    Mas não tem luzinhas a piscar…

    Lian Li

  10. Tá a demorar…

Deixe uma resposta

4 + eight =